Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Projeto de extensão faz resgate das cantigas de roda e de ninar
Início do conteúdo da página Notícias

Projeto de extensão faz resgate das cantigas de roda e de ninar

Atividade foi realizada em alusão ao dia do folclore, comemorado em 22 de agosto.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 14/10/2020 19h18
  • última modificação 14/10/2020 19h18

Em alusão ao Dia do Folclore, comemorado em 22 de agosto,, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Pedreiras realizou de forma virtual o projeto de Extensão II Folcloreando. A atividade motivou os discentes a mergulharem no mundo das Cantigas de Roda e Cantigas de Ninar.

O objetivo do projeto foi tornar os discentes protagonistas do conhecimento por meio do resgate da cultura popular com foco nas Cantigas de Rodas e das Cantigas de Ninar, contextualizando-as e destacando a importância dessa cultura no processo histórico-evolutivo do ser humano e instigar o desenvolvimento da criatividade dos alunos diante das possibilidades da inserção de elementos contemporâneos às cantigas já conhecidas tradicionalmente.

Os discentes foram orientados a conversarem/entrevistarem seus avós, pais e outras pessoas sobre as cantigas conhecidas por estes, destacando o contexto histórico e qual o significado que estas possuíam na vida de cada um dos participantes. Como resultado da busca, foram elaborados vídeos contando as histórias e postados no Instagram @folcloreandoifped. Nesta versão virtual, o projeto só foi possível graças à parceria com o professor de Informática e subcoordenador do projeto, Mateus Carvalho. “Coordenar o Projeto Folcloreando na sua segunda versão proporcionou uma viagem ao passado das cantigas de Rodas e de Ninar para nossos alunos, que estão inseridos no mundo tecnológico, e ajuda-os a compreender a importância dessa cultura para as gerações anteriores”, destacou Cláudia Vieira, professora de Educação Física) e coordenadora do projeto.

O aluno Marcus Alexandre Brito de Sousa, do curso de Eletromecânica, comentou que “foi incrível participar deste projeto, eu não tinha noção da importância dessas cantigas. Obrigada pela oportunidade”, agradeceu. A Professora Andrea Serrão, chefe do Departamento de Extensão do IFMA Campus Pedreiras, disse que O Folcloreando, enquanto projeto de extensão, já em sua segunda edição, trouxe a oportunidade de rememorarmos as cantigas de rodas e de ninar, de forma dinâmica e criativa, além de mostrar como outras infâncias se constituíram em um tempo onde a tecnologia e as mídias sociais não ditavam a dinâmica das relações sociais. Em tempos de exceção, e da primazia das sociabilidades pelas redes sociais, torna-se necessário apresentar e ampliar os horizontes de nossas crianças e adolescentes para perceberem que existiram, e ainda existem, outras possibilidades de interação e de brincar. A oportunidade do projeto extensionista também esteve para valorização dos significados e sentidos próprios que as crianças e jovens do passado atribuíam ao ato de brincar e que como eram carregados de simbolismos e emoções. Também foi uma ocasião singular no sentido de partilhar com a atual juventude as memórias infanto-juvenis de uma época que não deve ser esquecida”, relatou. 

registrado em:
Fim do conteúdo da página