Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Palestra no IFMA aborda avaliação de riscos em caldeiras
Início do conteúdo da página Notícias

Palestra no IFMA aborda avaliação de riscos em caldeiras

A atividade pedagógica foi realizada durante as aulas da disciplina Segurança no Trabalho
  • Assessoria de Comunicação com informações do campus
  • publicado 01/04/2019 12h45
  • última modificação 01/04/2019 12h45

A importância da inspeção de equipamentos, da sua manutenção correta e os possíveis agentes de riscos ocupacionais envolvidos nas atividades com caldeiras e vasos de pressão. Essa foi uma das questões abordadas na palestra realizada no IFMA Campus Pedreiras, no dia 23 de março, dirigida aos estudantes da disciplina “Segurança do Trabalho” do curso técnico em Petróleo e Gás.

 

A palestra sobre a Norma Regulamentadora nº 13 do Ministério do Trabalho foi ministrada pelo engenheiro Sandro Farias, mestre em Ciência e Engenharia de Petróleo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.  A NR 13 estabelece requisitos mínimos para gestão da integridade estrutural de caldeiras a vapor, vasos de pressão e suas tubulações de interligação.

 

A atividade pedagógica buscou “o reconhecimento, avaliação e o controle de riscos pelos estudantes e futuros profissionais, visando à segurança e à saúde dos trabalhadores, na operação destes equipamentos”, pontuou Rafael Ferreira, diretor de Desenvolvimento Educacional do campus.

 

A estudante Dilza Sabino enfatizou ter sido de fundamental importância a palestra. “Vasos de Pressão são equipamentos que necessitam ser manuseados com cautela, de forma correta e com muita atenção para os itens de segurança para prevenir acidentes”, afirmou.

 

“A inspeção do equipamento e da manutenção correta é uma forma de prevenção de acidentes”, ponderou a estudante Denisangela Lima.

 

O palestrante demonstrou, ainda, que o sob o uso de equipamentos de segurança e o aprimoramento tecnológico dos equipamentos de proteção individual (EPIs) são fatores indispensáveis em segurança do trabalho. “É preciso buscar sempre a redução e a eliminação dos acidentes do trabalho nesta atividade operacional”, recomendou.

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página