Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Inscrições abertas para cursos de Formação Inicial e Continuada
Início do conteúdo da página Notícias

Inscrições abertas para cursos de Formação Inicial e Continuada

  • Assessoria de comunicação, com informações do campus
  • publicado 08/08/2017 12h16
  • última modificação 08/08/2017 12h16

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Pedreiras abriu as inscrições para os cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) em “Educação e relações étnico-raciais” e “Arte e artesanato”. O prazo vai de 8 a 15 de agosto, das 8h às 19h, na Biblioteca João do Vale, no campus, localizado na Rodovia MA-381 Km 0, S/N, Bairro Diogo, em Pedreiras. Mais informações podem ser solicitadas pelo fone (99) 98414-1592.

 

Saiba mais sobre os cursos:

 

FIC em Arte e artesanato

O curso

Este curso será realizado pelo Instituto Federal do Maranhão-  IFMA/Campus Pedreiras, e tem como objetivo principal atender jovens e adultos do interior do Maranhão, formando-os com habilidades e competências básicas para desenvolverem a atividade Arte e Artesanato, garantindo assim, condições adequadas para a iniciação profissional no mercado de trabalho.

 

Quem pode participar?

O curso tem como público todos aqueles que sentem interesse por artes e artesanatos em geral, tendo seu foco destinado a estudantes que concluíram o Ensino Fundamental e Médio, professores ou membros da sociedade civil que buscam uma colocação no mercado de trabalho.

 

Início das aulas

Dia 29 de abril, às 19h.

 

FIC em Educação e relações étnico-raciais

O curso

Este curso será realizado pelo Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas do IFMA Campus Pedreiras e tem como objetivo principal oferecer, à luz das exigências trazidas pelas Leis 10639/03 e 11.645, aos profissionais da educação, assim como a ativistas e membros da sociedade civil subsídios teóricos para as discussões acerca das relações étnico-raciais, além de acesso a conteúdos que possam ser compartilhados como mecanismos de combate ao racismo e desigualdade, desenvolvendo habilidades e competências necessárias para discutir tais temas e possibilitar aos estudantes oportunidades de relacionar os novos conhecimentos com suas experiências cotidianas.

 

Quem pode participar?

O curso tem como público todos aqueles que se interessem em discutir questões sobre relações étnicas e tenham vontade de conhecer mais sobre a cultura afro-brasileira e indígena, com foco nos estudantes que concluíram o Ensino Fundamental e Médio, professores, supervisores, gestores da educação básica, líderes de associações, comunidades quilombolas, indígenas e/ou membros da sociedade civil que visam compreender e multiplicar os valores de uma educação para relações étnico-raciais e diversidade.

 

Início das aulas

Dia 29 de agosto, às 19h.

Fim do conteúdo da página